Washington Wizards

O Washington Wizards é um time norte-americano de basquete profissional com sede em Washington, D.C. Os Wizards competem na National Basketball Association (NBA) como membro da Divisão Sudeste da Conferência Leste.[3] A equipe joga seus jogos em casa na Capital One Arena. A franquia foi fundada em 1961 como o Chicago Packers com sede em Chicago, Illinois, e foi renomeada para Chicago Zephyrs na temporada seguinte. Em 1963, eles se mudaram para Baltimore, Maryland, e se tornaram os Baltimore Bullets. Em 1973, a equipe mudou seu nome para Capital Bullets para refletir sua mudança para a área metropolitana de Washington, e depois para Washington Bullets na temporada seguinte. Em 1997, eles renomearam-se como os Wizards.[4] Os Wizards apareceram em quatro finais da NBA e venceram em 1978. Eles tiveram um total de 28 aparições nos playoffs, ganharam quatro títulos de conferência (1971, 1975, 1978, 1979) e oito títulos de divisão (1969, 1971, 1972, 1973, 1974, 1975, 1979, 2017). Sua melhor temporada veio em 1975 com um recorde de 60-22. Wes Unseld é o único jogador na história da franquia a se tornar o MVP (1969) e ganhar o prêmio de MVP das Finais (1978). A equipe agora conhecida como Wizards começou a jogar como Chicago Packers em 1961, como a primeira equipe de expansão moderna na história da NBA, uma expansão motivada pela American Basketball League (ABA). O novato Walt Bellamy foi a estrela da equipe com médias de 31,6 pontos e 19,0 rebotes.[5] Bellamy foi nomeado o Novato do Ano mas a equipe terminou a temporada com o pior recorde da NBA: 18-62.[6] O apelido original da equipe era uma homenagem à indústria frigorifica de Chicago. No entanto, era extremamente impopular, já que era o mesmo apelido usado pelo Green Bay Packers da NFL, rivais do Chicago Bears. Após apenas um ano, a organização mudou seu nome para Chicago Zephyrs e jogou seus jogos em casa no Chicago Coliseum. Sua única temporada como Zephyrs contou com Terry Dischinger, que ganhou o Prêmio de Novato do Ano. Em 1963, a franquia mudou-se para Baltimore e tornou-se o Baltimore Bullets, jogando seus jogos em casa no Baltimore Civic Center. Em seu primeiro ano em Baltimore, os Bullets terminaram em quarto lugar em uma divisão ocidental de cinco equipes.[7] Antes da temporada de 1964-65, os Bullets fizeram uma troca de sucesso, enviando Dischinger, Rod Thorn e Don Kojis para o Detroit Pistons em troca de Bailey Howell, Don Ohl, Bob Ferry e Wali Jones. Howell provou ser um jogador fundamentalmente sólido e ele ajudou os Bullets a chegar aos playoffs pela primeira vez na história da franquia.[8] Nos playoffs de 1965, os Bullets venceram o St. Louis Hawks por 3-1 e avançaram para as finais da Conferência Oeste.[9] Nas finais, Baltimore conseguiu empatar os quatro primeiros jogos com o Los Angeles Lakers antes de perder a série por 4-2.[10] Fonte do texto e imagem: wikipedia.org

Elenco:

Contato







Lendas: