Minnesota Timberwolves

O Minnesota Timberwolves é um time norte-americano de basquete profissional com sede em Minneapolis.[2] Os Timberwolves competem na National Basketball Association (NBA) como membro da Divisão Noroeste da Conferência Oeste.[3] Fundada em 1989, a equipe pertence a Glen Taylor, que também é dono do Minnesota Lynx da WNBA.[4] Os Timberwolves jogam em casa no Target Center, sua casa desde 1990.[5] Como a maioria das equipes de expansão, os Timberwolves tiveram problemas em seus primeiros anos, mas após a aquisição de Kevin Garnett no draft da NBA de 1995, a equipe se classificou para os playoffs em oito temporadas consecutivas de 1997 a 2004. Apesar de perder na primeira rodada em suas sete primeiras tentativas, os Timberwolves venceram o título da divisão em 2004 e avançaram para as Finais da Conferência Oeste na mesma temporada. Garnett também foi nomeado o MVP da NBA nessa temporada.[6] A equipe então entrou em modo de reconstrução por mais de uma década depois de perder a pós-temporada em 2005 e trocar Garnett para o Boston Celtics em 2007.[7] Os Timberwolves encerraram uma seca de 14 anos nos playoffs quando voltaram à pós-temporada em 2018. A NBA retornou às Cidades Gêmeas em 1989 pela primeira vez desde que o Minneapolis Lakers partiu para Los Angeles em 1960. A NBA havia concedido uma de suas quatro novas equipes de expansão em 22 de abril de 1987 (os outros são o Orlando Magic, Charlotte Hornets e o Miami Heat) aos proprietários originais, Harvey Ratner e Marv Wolfenson, para começar a jogar na temporada de 1989-90. A franquia realizou um concurso para definir o nome da equipe e eventualmente selecionou dois finalistas, "Timberwolves" e "Polars", em dezembro de 1986.[8] A equipe então pediu aos 842 conselhos municipais de Minnesota para selecionar o vencedor e "Timberwolves" prevaleceu. A equipe foi oficialmente nomeada como Minnesota Timberwolves em 23 de janeiro de 1987.[9] Em 3 de novembro de 1989, os Timberwolves estrearam na NBA perdendo para o Seattle SuperSonics por 106-94. Cinco dias depois, eles fizeram sua estreia em casa no Hubert H. Humphrey Metrodome, perdendo para o Chicago Bulls por 96-84. Duas noites depois, em 10 de novembro, os Wolves conseguiram sua primeira vitória, batendo o Philadelphia 76ers em casa por 125-118. Os Timberwolves, liderados por Tony Campbell tiveram um recorde de 22-60 e terminou em sexto lugar na Divisão Centro-Oeste.[10] Jogando no Hubert H. Humphrey Metrodome, os Timberwolves estabeleceu um recorde da NBA atraindo mais de 1 milhão de fãs para seus jogos em casa. Isso incluiu uma multidão de 49.551 pessoas em 17 de abril de 1990, que viu os Timberwolves perderem para o Denver Nuggets por 99-88 no último jogo em casa da temporada. Na temporada seguinte, a equipe se mudou para sua casa permanente, o Target Center, e melhorou um pouco, terminando com um recorde de 29-53.[11] No entanto, eles demitiram seu treinador principal, Bill Musselman. Eles se saíram muito pior na temporada de 1991-92 sob o comando do sucessor de Musselman, Jimmy Rodgers, terminando com o pior recorde da NBA, 15-67.[12] Buscando melhorar, os Wolves contrataram o ex-gerente geral do Detroit Pistons, Jack McCloskey, para a mesma posição, mas mesmo com seleções notáveis na primeira rodada do draft, como Christian Laettner e Isaiah Rider, os Timberwolves não conseguiram duplicar o sucesso de McCloskey em Detroit e tiveram recordes de 19-63 e 20-62 nas duas temporadas seguintes.[13][14] Um dos poucos destaques daquela época foi quando o Target Center serviu como anfitrião do All-Star Game de 1994, onde Rider venceu o Slam Dunk Contest com seu "East Bay Funk Dunk" entre as pernas.[15] Fonte do texto e imagem: wikipedia.org

Elenco:

Contato







Lendas: